janeiro 06, 2013

Maria, o biscoito


No ano de  1857,  dois padeiros ingleses, James Peek e George Hander Freans, começaram a fabricar “cookies” e a vendê-los numa carruagem que circulava por todo o país. Tal prática contribuiu para tornar a empresa Peek Freans muito conhecida dos ingleses.

Dezessete anos depois, em 1874, o segundo filho da rainha Vitória (Alfredo) Duque de Edimburgo, casou-se com a duquesa russa Maria Alexandrovna. Para comemoração das bodas, os padeiros da Peek Freans criaram um novo biscoito em homenagem a duquesa. O biscoito era redondo, tinha um friso decorativo e, no centro, estava gravado o nome da homenageada: “Maria”.

Os casamentos reais britânicos sempre despertaram grande interesse em outros países. Assim, muita gente quis provar as bolachas Maria, o que fez com que passassem a ser imitadas mundo afora.
Nota: link  para e história da família Freans O biscoito Marina na história da Espanha e pelo mundo  e suas variações...

A minha versão preferida!

Um comentário:

Marlei Caardoso Pinheiro da Costa disse...

Muito bom.

gosto muito deste tipo de aprendizado ,sobre o passado .